BORDADOS – versatilidade, atualidade, renovação e técnicas pra lá de gostosas pra fazer e se divertir!

Olá!

Tenho a impressão de que bordado é uma coisa que faz parte da vida da gente, não é?
Temos ou tivemos peças bordadas por alguém da família ou amigas.
Compramos em algum lugar, em um dado momento, uma peça de roupa, ou acessório com um bordado lindo. E não pudemos resistir.
Ouvimos falar de alguma artesã que tem mãos de fada, pois faz aqueles bordados lindos, requintados e com um rigor técnico de encher os olhos.
Ganhamos uma maravilhosa peça vinda do nordeste, pois um amigo ou parente foi viajar e nos trouxe um presente bordado.
Enfim, acho que os bordados nos rodeiam de variadas maneiras e estão sempre por perto.

Mas vocês já repararam que não é mais aquele trabalho feito pelas vovós, mas – cada dia mais – por pessoas de todas as idades?
Sim, os bordados estão voltando com tudo, no artesanato, na moda, na decoração, nas roupas, acessórios, bijuterias, objetos de arte.
Os pontinhos bordados estão sendo usados, inclusive, como mais detalhes de beleza nos trabalhos de patchwork, nas costuras, nas peças de feltro.
Técnicas das mais variadas estão encantando meninas de todas as regiões e idades.

E essa observação muito me encanta e alegra por motivos bem especiais, tais como: a beleza, o afeto, o carinho, o capricho, a delicadeza, as variadas técnicas, a suavidade, mas também as alternativas de muitas cores e formas usadas em inúmeras possibilidades criativas proporcionadas pelos bordados.

Como sou fã de mandalas e encanto-me cada dia mais pelo universo dos bordados, uni as duas paixões e tenho me divertido, concentrado e relaxado fazendo mandalas bordadas de muitas maneiras, cores, desenhos.

Com pontos caseados, palitos, pespontos, alinhavos, nós franceses, rococós, picurus e outros, vou bordando minhas mandalas por horas adoráveis e tranquilizantes.

Sugiro que pesquisem um pouquinho sobre as mandalas – para verificar as possibilidades terapêuticas deste tipo de trabalho – e testem os efeitos benéficos de bordá-las.
Em outras oportunidades poderemos conversar um pouco mais sobre isso (as mandalas), mas gostaria que testassem os bordados neste tipo de desenho (circular) e me dissessem o que sentiram.

E depois tragam também suas observações sobre os bordados.
Como foi aprender e executar essa especialidade que se renova e continua encantando por séculos afora?

Tenho certeza de que vão adorar – mandalas e bordados.

mandalas

Beijos e bons trabalhos!
Cristine Torchia