Como calcular o preço de produtos feitos a mão

Ah, a questão do preço… Nunca é fácil. Você sabe que a sua produção vale cada centavo, mas nem sempre é fácil acompanhar os valores cobrados e se manter competitivo. Ou, no outro lado da moeda, nem sempre é possível lucrar o esperado, porque o mercado é difícil. E a dificuldade não diminui quando o seu negócio handmade cresce. Ao contrário, quanto mais você produz, mais complicado fica equalizar tudo.

Cada tipo de produto feito a mão costuma ter as suas particularidades, o que faz com que a tarefa de estabelecer preço não tenha uma fórmula perfeita e imutável. Cada caso pode ser um caso, embora existam algumas dicas básicas que podem ajudar bastante.

Primeiro, você precisa estabelecer um valor para a sua hora de trabalho. Para conseguir isso, você pode pensar num salário mensal que se encaixe no seu nível profissional. Em seguida, divida esse valor pelo número de horas que se trabalha normalmente em um mês. Por exemplo: salário de R$5.000,00 / por 160 horas trabalhadas no mês = R$31,25 – que é o valor da sua hora de trabalho.

Figura1

Definido o valor da sua hora de trabalho, você precisa agora saber quanto tempo é gasto em cada produto. Por exemplo, se você levou 10 horas para fazer uma manta de bebê, deve multiplicar a quantidade de horas trabalhadas pelo valor da sua hora de trabalho: 10 horas trabalhadas x R$31,25 = R$312,50 (valor do seu trabalho).

Figura2

Ainda falta adicionar o custo de material. Por exemplo, se você gastou R$50,00 em lã, precisa somar isso ao custo: R$312,50 (valor do seu trabalho) + R$50,00 (material utilizado) = R$362,50.

Figura3

Aí você tem o custo da mão de obra e da matéria-prima. Ainda falta encontrar o valor de venda no varejo, que geralmente costuma ser uma conta fácil, é só multiplicar o custo por dois: R$362,50 x 2 = R$725,00.

Figura4

Esse é realmente a conta mínima que você deve fazer, se quer ter uma remuneração justa. Parece muito? Não, se você pensar que é assim que as empresas costumam fazer. Na verdade, elas ainda adicionam mais uma multiplicação por dois nessa história, que é o lucro. Então, a manta de bebê custaria: R$725,00 x 2 = R$1.450,00.

Figura5

Soa um valor bem alto, eu sei. Mas é isso mesmo, se você estiver levando seu negócio de manualidades a sério e quer mesmo fazer dele o seu ganha pão. O que não quer dizer que vai ser fácil, porque tem muita gente por aí que encara o trabalho manual como hobby e vende a preços muito baixos, sem nem se preocupar em calcular os custos reais e, muito menos, um salário e um lucro.

Você não pode esquecer que quem faz manualidades por diversão e vende apenas para cobrir os custos de material e ter uma graninha extra está fazendo exatamente isso e nada mais do que isso: reavendo o valor que gastou com material e tirando uma pequena quantia para si próprio. Se você quer transformar as suas habilidades em um verdadeiro negócio lucrativo, vai ter que conseguir driblar essa competição – que nem sempre é justa, mas que existe e não pode ser ignorada. E a gente fala sobre isso muito em breve!

Bons cálculos e até a próxima!

Daniele Sinhorelli