Vendas on-line: como descrever o seu produto

IMG_5588

Descrever o seu produto de maneira correta é uma das partes mais importantes de qualquer venda on-line. Não só porque você vai atingir as pessoas certas, mas também para garantir que os mecanismos de busca vão conseguir mostrar o seu produto para as pessoas certas. Algumas dicas básicas fazem toda a diferença:

1. Conheça seu público-alvo.
Eu sei que falar é fácil e difícil mesmo é como chegar lá na prática. Olhe para as fotos do seu produto e faça um exercício mental. Por que alguém vai se interessar por ele? Ele vai resolver que tipo de problema (pode ser simplesmente garantir a escolha do presente perfeito para uma amiga especial – não pense em problema como um bicho de sete cabeças)? Ou ele vai deliciar a quem (pense em sonho de consumo, em coisas que as pessoas “têm” que ter)? Perguntas como essas vão te ajudar a visualizar quem é o seu público consumidor com mais clareza.
Com uma ideia de quem é essa pessoa na sua cabeça, pense agora onde ela vai, que revistas compra, que programas de TV assiste, que filmes vê, que lojas são as suas favoritas. Aproxime o seu produto e a sua loja virtual dessa ideia mental que você está criando. Inspire-se nos hábitos desse consumidor em potencial para criar algo apelativo – no bom sentido, bem entendido.
Por fim, pense na internet em si. Alguns produtos serão melhor divulgados via Facebook, outros via Instagram, outros via blog, outros direto na sua loja. Não se sinta na obrigação de dvulgar todos os produtos em cada um desses meios. A menos que você tenha muito tempo para dedicar ao marketing, o ideal é decidir o que vai melhor onde e se concentrar em fazer um bom trabalho em cada uma das mídias sociais, ao invés de tentar abraçar o mundo e acabar não dando conta do recado.

2. Faça uma lista completa das características e qualidades do seu produto.
Seja detalhista, específico e dedique um bom tempo para essa tarefa. Pense por que alguém vai achar o seu produto atraente e útil. Inclua informações práticas (medidas, material, para que serve, etc) e também informações mais subjetivas (como benefícios que o produto oferece e sensações (suave, delicado, robusto, etc). Tente criar frases divertidas e bem escreitas, mas também use palavras-chave diretas e que descrevem exatamente o seu produto. Se você está descrevendo um sapatinho de bebê, essa é a sua primeira hash tag. Lembre-se: Instagram permite até 30 hash tags. Não seja preguiçoso. Encontre 30 palavras-chave e use todas elas!

3. Escreva um parágrafo bonito, forte e que realmente descreva o seu produto.

Pense na formatação. A grande maioria das pessoas não gosta de ler parágrafos muito grandes. Nem frases muito longas. Seja direto, objetivo e divertido. Lembre-se que a prática leva à perfeição. Quanto mais descrições você fizer, mais rápido vai pegar o jeito. Além disso, faça uma pesquisa básica na concorrência e preste atenção nas palavras-chave que eles estão usando. Não copie, apenas use como referência. Se escrita não é o seu forte, peça ajuda de algum amigo. O importante é conseguir atingir um nível de texto que seja agradável de ler, correto gramaticalmente e eficiente na hora de vender.

Ufa! Bom trabalho, boa semana e até a próxima,

Daniele Sinhorelli